sexta-feira, 13 de abril de 2012

Bienal do livro em Brasília



Um diálogo fértil entre as artes vai tomar de assalto dois palcos montados ao ar livre na região central de Brasília. Música e literatura serão tema de apresentações de alguns dos maiores nomes da música popular brasileira, em shows gratuitos, especialmente montados. A programação inclui os gaúchos Kleiton e Kledir (que assina seus livros como Kledir Ramil), o paulistano Nando Reis (escritor e cronista), o carioca-brasiliense Oswaldo Montenegro (que é também dramaturgo), a mineira Fernanda Takai (escritora e cronista), a banda brasiliense Capital Inicial (cujas letras contêm forte discurso político), o paraibano Chico César (poeta, autor de Cantáteis: Cantos Elegíacos de Amozade) e o baiano Caetano Veloso (autor de livros como Verdade Tropical e o recente O mundo não é chato). Os shows acontecem em dois grandes palcos – Palco da Praça do Museu e Palco da Esplanada – e começam sempre às 21h. Além destes, a I BIENAL BRASIL DO LIVRO E DA LEITURA promoverá vários outros shows, em palcos menores, dentro do Pavilhão.

A relação íntima entre compositores e escritores começa com Kledir Ramil, consagrado na música com a dupla Kleiton & Kledir. O gaúcho despontou na literatura com o livro de contos e crônicas Tipo assim, que rendeu prêmios e um convite para assinar uma coluna no jornal Zero Hora. A dupla divide o palco com Nando Reis, que além de compositor, já foi cronista esportivo do jornal Folha de São Paulo e é autor do livro infantil Meu pequeno São-Paulino, no qual confessa sua paixão pelo time do São Paulo Futebol Clube. Eles tocam no dia 19 de abril, a partir das 21h, no Palco da Praça do Museu.

No dia seguinte, 20 de abril, é a vez do Palco da Praça do Museu ser tomada por Oswaldo Montenegro e Fernanda Takai. Oswaldo se divide entre a composição musical e a dramaturgia. Já escreveu, dirigiu e produziu 18 peças musicais, como Léo e Bia e A Dança dos Signos. Fernanda Takai é musicista, vocalista da banda mineira Pato Fu e também é cronista dos jornais Correio Braziliense e O Estado de Minas. Seus contos e crônicas publicados nos jornais já renderam dois livros: Nunca Subestime uma Mulherzinha, de 2007, e A Mulher Que Não Queria Acreditar, de 2011. 

No dia 21 de abril, aniversário de Brasília, a festa se transfere para o Palco da Esplanada, para o grande show da banda Capital Inicial. Antes, quem se apresenta é o rapper GOG, escritor e um dos pioneiros do movimento hip hop em Brasília. 

E a programação de shows só termina no domingo, 22 de abril, com show do paraibano Chico César e do baiano Caetano Veloso, no Palco da Esplanada. Mas o domingo inteiro será regado a música: às 10h, no mesmo palco, será a vez de Bia Bedran, cantora, compositora e especialista em Musicoterapia, fazer seu show. E às 18h, no Auditório Nelson Rodrigues, o músico e cineasta André Luiz Oliveira, baiano radicado em Brasília, apresenta o espetáculo musical-poético “Mensagem”, inspirado no poeta português Fernando Pessoa.


PROGRAMAÇÃO

Dia 19 – Kleiton & Kledir e Nando Reis – Palco da Praça do Museu
Dia 20 – Oswaldo Montenegro e Fernanda Takai – Palco da Praça do Museu
Dia 21 – GOG e Capital Inicial – Palco da Esplanada
Dia 22 – Chico César e Caetano Veloso – Palco da Esplanada

2 comentários:

Prof. Raphaell disse...

Acho que vou passar por lá... principalmente se eu conseguir meu "vale livro" de 80 mangos

Debora Wehr disse...

Brasília merecia isso há muito tempo. Amigos passem por aqui e venham nos visitar. Brasília, linda Brasília!